fbpx

4 passos simples para organizar a vida financeira na crise

27 de maio de 2020 •

A crise econômica causada pela pandemia da COVID-19 tem complicado a vida financeira de muitos brasileiros. O índice de desemprego cresceu e muitos negócios estão declarando falência. Organizar a vida financeira nesse momento é mais importante do que nunca.

Em meio a todo esse caos, existem medidas simples que podem ser tomadas para amenizar os efeitos na sua vida financeira a curto e longo prazo, como se planejar, ter disciplina e prestar atenção no seu orçamento. É muito importante evitar gastar todo o dinheiro de vez.

Confira os 4 passos simples para organizar a vida financeira na crise:

 

1 – Analise sua real situação financeira

Inicie a organização da sua vida financeira com uma análise real e detalhada de toda a sua renda e seus gastos. Assim você vai ter um panorama concreto da sua situação e definir objetivos com mais precisão. Anote todos os seus gastos, listando-os por importância: mercado, contas de água e luz, celular, TV à cabo. 

Entenda exatamente qual é a sua renda mensal, considerando os descontos, impostos e benefícios como vale alimentação. Essa é sua renda real, que pode ser complementada com outros valores, como o aluguel de um imóvel ou trabalhos freelancer. Tudo isso deve ser anotado. 

 

2 – Fuja das compras parceladas

Mais do que nunca, o futuro é incerto em épocas de crise. Não assuma novos gastos e dívidas e fuja das compras parceladas pois elas podem virar uma bola de neve. Compre apenas o que você pode pagar à vista. Organize sua vida financeira e cancele também as assinaturas mensais que você não usa mais. 

 

3 – Mude hábitos para economizar onde der

A mudança de hábitos é a melhor forma de organizar a vida financeira a longo prazo. Analise seus gastos para ver onde é possível reduzi-los e aprenda a diferenciar os gastos necessários dos supérfluos.

Alguns hábitos simples que você pode adotar desde agora são: 

  • Vá no mercado com menos frequência. Ao fazer mercado toda semana, você tende a gastar mais, opte por fazer compras maiores uma ou duas vezes ao mês. No mercado, escolha marcas mais baratas e não compre nada que não estiver na lista.
  • Pesquise preços: isso vale para qualquer tipo de compra.
  • Economize luz em casa
  • Mantenha uma comunicação clara com sua família sobre a situação financeira da casa.
  • Tenha disciplina e controle as despesas. 

 

4 – Mantenha uma reserva

Com planejamento e mais cuidado na relação com os gastos, ao longo do mês, você tem muito mais facilidade de juntar dinheiro. Com isso, mantenha uma reserva financeira que pode ser usada para qualquer coisa, principalmente se as contas apertarem durante a crise. 

Essa reserva garante mais segurança e conforto para você e sua família e não deve ser tocada fora de situações emergenciais. 

 

Investir na compra de um imóvel para alugar e garantir uma renda fixa por mês ou vender em um momento de dificuldade é um ótimo negócio. Fale com a José Alberto Netimóveis!

 

Tem um imóvel parado e precisa de uma renda extra para enfrentar a crise? Anuncie grátis aqui com a gente!